MAIS MÉDICOS!!!

mais-medicos

Tenho acompanhado as discussões a respeito do novo programa do governo federal (MAIS MÉDICOS) para solucionar o problema da saúde pública no Brasil, confesso que senti um misto de ceticismo e esperança. O ceticismo se explica pelo nosso histórico recente, lembro bem da bendita CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação ou Transmissão de Valores e de Créditos e Direitos de Natureza Financeira), um imposto que de provisório só tinha o nome, criado para captar recursos que seriam investidos nas áreas de SAÚDE, PREVIDÊNCIA SOCIAL e no FUNDO DE COMBATE A POBREZA. Acho que não preciso dizer muito coisa para explicar meu ceticismo, pois a previdência continua com rombos, os pobres ainda existem (são muitos) e a SAÚDE continua DOENTE. Para onde foi todo o dinheiro arrecadado por mais de 10 anos?

Contudo, como falei antes, ainda tenho esperança, espero que nossas autoridades realmente façam valer o nosso voto, espero mais transparência dos políticos na hora que forem usar o dinheiro público, espero que nossos cidadãos despertem cada vez mais para a importância da fiscalização e participação popular na gestão da coisa pública, espero que nossa história não seja esquecida, espero sinceramente que o PROGRAMA MAIS MÉDICOS não seja mais um ENGODO.

Não sou especialista em saúde pública, mas sou usuário do SUS, lembro bem as vezes que acordei de madrugada para pegar um número que me garantiria a marcação de uma consulta para um ou dois meses depois, pois a agenda do médico nunca estava disponível para a consulta imediata. Nas emergências a história não era muito diferente, quantas vezes tive que peregrinar de um hospital para o outro, isso se explicava pela falta de médicos ou de equipamentos nos hospitais.

MAIS MÉDICOS sim, mas antes e acima de tudo maior transparência na gestão do nosso dinheiro, mais respeito ao nosso povo e mais dignidade aos médicos que a despeito do descaso do poder público continuam realizando o seu trabalho nas fileiras do SUS. Sabemos que existem os médicos omissos, mas vamos celebrar aqueles que não se renderam e que fazem a diferença. Deixo uma questão: POR QUE AO INVÉS DE GRATIFICAÇÃO O GOVERNO NÃO INVESTE NO PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE?

 

Obs: a imagem que ilustra o post foi retirada da internet, usamos o Google como fonte, em 27/08/2017